Berço de Judas - Jéferson Assumção

Berço de Judas - Jéferson Assumção

R$ 54,90
. Comprar  
Frete grátis!

Título: Berço de Judas
Autor: Jéferson Assumção
Gênero: Literatura brasileira contemporânea, Romance
Apresentação: Tabajara Ruas
Quarta-capa: Luiz Ruffato
Revisão: Aline Job
Capa: Bloco gráfico
Ano de publicação: 2019
Páginas: 240
Dimensões: 14 x 21 cm
ISBN: 978-85-94265-08-1


"O que sempre se sobressai, em toda a obra, é o olhar compromissado com os destituídos do mundo, que ele conhece bem. Com uma trajetória pouco comum no mundo literário – filho da classe média urbana baixa, vítima do êxodo rural, ele mesmo camelô -, Jéferson Assumção é uma voz diferenciada no quadro atual da literatura brasileira." - Luiz Ruffato

"O intelectual e escritor Iuri sofre com a própria mediocridade. No auge do seu desconforto, decide que necessita mudar radicalmente, e transformar-se em outra pessoa. O rapaz tímido, magro e muito alto, começa a frequentar academias de musculação e praticar luta livre, sem regras e sem limites. Pouco a pouco ele se transforma numa espécie de monstro que nos fascina e aterroriza. Seguir sua trajetória é sair das especulações elegantes do ingênuo Iuri sobre literatura para a violência do dia-a-dia das lutas clandestinas.

É inevitável sentir uma opressão física quando se lê Berço de Judas, porque o protagonista-narrador nos arrasta para seu mundo sem nenhum pudor. Do confortável mundo da literatura para a parte mais sórdida da noite de Porto Alegre, para os bordéis baratos e para uma paixão desesperada por uma mulher desafiadora, militante da liberdade sexual e de todas as liberdades, que aprisiona Iuri em sua rede de prazer e ansiedade.

Berço de Judas, de Jéferson Assumção, é o romance de um autor deste século, pós tudo e pós todos, o mesmo do memorável Cabeça de mulher olhando a neve, agora ainda mais maduro e desafiador, tocando sua plenitude como escritor. Com Berço de Judas, Jéferson escreveu um romance que medita sobre o mistério da literatura e que logo dispara como um folhetim de aventuras, e depois se transforma numa meditação sobre a alienação e penetra nos sombrios túneis da culpa, do horror e do mistério onde busca junto com seus leitores resposta para se há espaço ou não para a redenção e a esperança.

Primeira narrativa de um novo tempo e de novos moralismos, novos medos e depressões, onde todos vamos nos encontrar em algum momento de profundo terror. A prosa de Jéferson Assumção é clara e fria como o gelo e assim fascinante e atraente. Não há tédio em sua escrita sóbria, intocável às tentações. O que está nas páginas de Berço de Judas é a saga do aspirante a escritor Iuri, e nada mais além de sua viagem pelos desvãos do inferno que todos habitamos.

Romance múltiplo, sem concessões, direto e objetivo como um soco no estômago, Berço de Judas ainda impacta o leitor com um final totalmente surpreendente, que o transforma num épico existencial, e nos deixa com a sensação única de que estamos lendo um livro vindo do futuro." - Tabajara Ruas